Archive of ‘Textos’ category

O Amor que me preenche

Sempre quis viver uma vida de forma intensa, e por muito tempo busquei formas de conseguir. Eu nunca soube bem o que estava buscando, não sabia se estava em busca da felicidade, mas tentei de várias formas. Tentei encontrar em pessoas, tentei encontrar em coisas e até mesmo na adrenalina. Mas mesmo gostando de adrenalina e conseguindo despertar seu auge, no final de tudo, quando eu enfim colocava a cabeça no travesseiro eu ainda sentia um vazio desesperador, como um buraco que parecia nunca ser preenchido. E por muito tempo foi assim, uma busca para preencher um vazio no meu peito.

Hoje eu tinha parado para pensar que esse buraco apenas não existia mais, eu olho para mim hoje e enxergo o Amor, eu sinto alguém me amando fixamente, um amor que me preenche, um amor que me deu motivos e propósitos para viver. Eu sempre vivi em busca de um propósito, hoje eu vivo porque Ele me deu propósito.

Descobri que eu fui criada e designada a algo bem maior, e isso fez com que todas as minhas tentativas de encontrar felicidade fossem elevadas ao nada. Desde que Ele me encontrou, minha vida tem sido intensa e de uma forma constante. Quando você descobre que o Amor vive dentro de você, você simplesmente para de tentar buscar migalhas de amor em pessoas. Você passa a amar mais porque entende que Ele é o amor. E só com o Amor somos capazes de encontrar a felicidade, diferente do que aprendemos nos contos de fadas, a felicidade não é proporcionada por alguém, a felicidade é ALGUÉM.
Como diz a música de Coldplay: Deus me deu estilo e graça. Ele colocou um sorriso em meu rosto.

Precisamos falar sobre pessoas tóxicas

É dificil se afastar de alguém que amamos, eu sei. Mas se acostumar fica mais fácil quando você percebe a nuvem de toxicidade em que estava envolvida. 
Tudo é bom no começo, nenhum lobo mostra as garras no inicio da história. Mas com o passar do tempo você começa a se sentir incomodada. A pessoa que você achava ser confiante, na verdade é arrogante. E pra sustentar o alto nível de ego, ela começa a te empurrar para baixo. Você passa a se ver como inferior, nada que você fizer será bom o suficiente pra ela e sua alegria sempre será motivo de incômodo.
Você pode estar bonita mas não tão quanto ela, sua ideia pode ser boa mas não tão quanto a dela. E aos poucos isso vai te sufocando, gradativamente. Então, você já não consegue sentir vontade de estar com aquela pessoa, você prefere guardar suas ideias apenas pra si, até chegar o pior momento: o momento da desintoxicação, o momento em que você precisa assumir pra si mesmo, que apesar de todo seu esforço para manter uma boa relação, a única solução é você se afastar. Afastar em uma proporção suficiente pra não ser afetada por toda aquela toxicidade. 

Dificilmente pessoas tóxicas assumem serem tóxicas, quando você se afasta você consegue perceber o quanto você foi intoxicada, o quanto sua ideia era boa e como aquela sua roupa era legal. Só assim você cria forças para ser você mesma sem nenhum receio do que vão achar. Existem coisas que conversas não conseguem resolver e o afastamento se torna a única solução.  Uma erva daninha só deixa de nascer quando é arrancada pela raiz.

De 2016 leve os ensinamentos

Dos tombos, lágrimas e gargalhadas vivenciados desde da correria de Janeiro até a calmaria de Dezembro, filtre o que te fez crescer, guarde o que te fez melhor e mantenha o que te fez amar. De resto, não faça questão de lembrar, e ao se referir ao ano, lembre apenas do que foi bom.

Reflita e refaça. A vida te ofereceu mais 365 dias em branco, novinhos. Para que você seja uma pessoa melhor do que tentou ser. Inove, saia da sua zona de conforto, seja grato por ter acordado mais um dia e faça valer a pena. Mesmo dentro de uma rotina, procure beleza nas pequenas coisas, você encontrará.

Lembre que só o potencial existente dentro de você pode te fazer conquistar tudo que deseja, lute por cada um do seus sonhos, mantenha a fé e não desista. Não deixe que uma decepção te desanime para todas as alegrias que você pode vivenciar. Leve consigo os bons momentos da vida e os use como inspiração para criar novos.

Que seja um ano ainda mais doce e ainda mais cheia de ensinamentos, lições e sorrisos. Feliz 2017!

Já era, amor. Mas é amor agora.

tumblr_mdogi1fGBm1rbsqtxo1_500 (1)

Não se sabe ao certo quando acontece, quando se transforma, quando evoluí. Mas sabemos que um dia vai acontecer com todo mundo e que vai machucar, vai te deixar noites sem dormir, você vai se sentir culpada e vai tentar fazer com que o sentimento pare de acontecer, mas tudo será em vão.

Então, você vai começar a observar demais, vai saber cada detalhe, cada curva do sorriso, cada formato das unhas, cada olhar. E quando você menos esperar, vai passar aquele vento com o cheiro do xampu que ele usa, aquela pessoa com o mesmo perfume amadeirado que ele gosta de passar pela manhã e quando você perceber que sabe de todos esses detalhes, vai voltar a se sentir culpada.

Daí vem à parte “friend” da zona toda, você vai confiar no lado da amizade, você vai querer dizer para ele, mas vai ter medo de perder tudo, medo do clima ficar chato. E quer a verdade? A probabilidade disso acontecer é imensa. Então, você voltará a ficar pensativa demais, ele vai perguntar o que está acontecendo e você vai correr para mudar de assunto. Ele vai te contar uma piada que vai te fazer gargalhar e no meio da piada você vai se lembrar do quanto o ama.

Mas um belo dia, você vai cansar e o coração vai dizer que basta. Você explodirá em emoções e contará tudo a ele, daí pra frente ninguém sabe o que acontecerá. Ou não, talvez você apenas guarde a zona toda no bolso e esqueça que um dia aquilo passou de ser apenas o “friend”.

barrapé

Sobre recomeços, expectativas e metas.

unspecified

É janeiro, mais uma vez. Tudo se dá uma nova chance, expectativas são recarregadas, listas são feitas, sonhos são plantados. O mundo, ou grande parte dele, deixa renascer a esperança junto com o novo ano. Dentro de toda essa expectativa nasce também a exigência: “Que 2016 me traga isso ou aquilo..”. E então, toda a esperança e vontade que essa sensação de recomeço traz, é automaticamente depositada nesse pedido ao ano. Como Papai Noel dos adultos, as pessoas esperam que chegue, seja pela chaminé ou pela janela, e com isso se acomodam, o tempo passa, o ano termina e o ciclo se repete.

Não fique nessa, existe um caminho para cada coisa que você deseja, tudo que você precisa fazer é traçá-lo. Claro que nesse meio tempo você encontrará empecilhos, então use a força de vontade que tem ai dentro de você para desviá-los e então depois de toda sua luta, você encontrará o que deseja. E acredite, nada virá do céu, a não ser que o que você queira seja chuva.

Quando encontramos fé dentro de nós, já podemos nos considerar vencedores. A fé abre portas, te dá forças e te capacita para tudo, inclusive sonhar. Por isso, não só neste ano mas também nessa vida, se permita ir e fazer, concretizar, realizar e vencer. Se olhe no espelho e veja tudo que precisa para alcançar o que quiser.

barrapé

 

Um café e um teste vocacional, por favor.

Um dia você vai se pegar tomando decisões demais, o dia você vai pensar demais no futuro, o dia que você vai perceber que a ninguém mais pode te ajudar, que chegou a sua vez de tomar as rédeas da vida e fazer suas próprias escolhas.

Restos de adolescência, escolhas de adultos e o mundo inteiro decidiu te pressionar. E não, não é coisa da sua cabeça, é a verdade. De repente você precisa estudar demais pra uma prova que não vai te servir para nada mais além de te fazer entrar em uma faculdade onde no curso que você for estudar, provavelmente não terá quase nada que aprendeu naquela mesma prova que te colocou ali.  Assim que você decidir qual curso fazer, é claro.

A pressão te obriga a colocar um sonho ou talvez dois no bolso, vão-te dizer que sua escolha não vai ter futuro, mentira, não dê ouvidos a eles. Tudo tem um futuro e quem faz é você, agora, no presente.

Então se entregue, de corpo alma e coração, ah sim, coração. Tire do lugar mais fundo dele o seu sonho mais insano e lute por ele, não deixe um padrão que você não faz parte te arrastar, porque lá no fundo, todos sabem sua vocação e se você não sabe, eu te digo:

Sua vocação é ser feliz.

tumblr_lqgiopV6Mi1qdfytto1_500

Chuva, livro novo e um gosto meio azul

tumblr_m231lotTCS1qia0zgo1_500_large

Imagem Reprodução: Tumblr

Ela gostava da chuva e do cheiro de livro novo. Gostava de ficar no aconchego de um cobertor enquanto lia, gostava do som da água batendo no chão. Mas ela também gostava dos dias azuis, azul é a cor universal – dizia. Por isso, ela tinha desde o cabelo ao caderno nesse tom, e já se ouviu falar sobre um alguém que havia a conquistado, que dissera que ela tinha um beijo meio azulado.

Há muito tempo desistiu de namorar, se achava nova demais e não era conversa de adulto ranzinza nem nada, mas ela queria amar e sempre soube que isso envolvia bem mais. Ela sonhava com a liberdade e amar para ela era sentir o peso da mochila nas costas quando pisava em um novo chão.

Intensa, conseguiu amar cada estrela no céu, cada grão de areia em Terra. O mundo não entende que o amor é sua cura! – dizia. Por favor, cessem as guerras.

barrapé

 

Conheça o outro lado da história, conheça SP Invisível

Moro na capital do menor estado do país, aqui o pessoal todo se conhece e se não conhecer, conhece “fulano” que conhece “fulano” que conhece você, mesmo que seja apenas de vista. Como em todo lugar sempre existe julgamentos e  preconceito apenas pela aparência, uns dizem que em cidade grande ninguém liga para ninguém e em cidade pequena a maioria só dá atenção para julgar. O ser humano dentro de cada um de nós, acaba sendo passando invisível.

tumblr_m9ceombLZW1qm6awao1_500

Um dia desses vasculhando o Facebook, conheci a página do projeto “SP Invisível”, fui lendo e me emocionando com depoimentos incríveis, de pessoas incríveis que se passam invisíveis para uma sociedade que se acha no direito de julgar, mas que foram enxergadas pela parte humana que ainda resta por ai e que levam através de histórias, conscientização e um olhar mais humano.

11150473_799549843463019_4496407633089558609_n“Meu nome é Bruno, tenho 24 anos e vim lá do Paraná. Faz 60 dias que cheguei em São Paulo, mas logo que pisei aqui, roubaram todos meus documentos e agora tô na rua. Não é fácil não, ganho um dinheiro olhando carro, mas o foda é que .. ” Leia mais.

“Você não tá com medo de eu pegar seu celular não né?! Pod11102789_795494213868582_3894859714409808234_ne gravar, de boa. Meu nome é Ricardo Araújo, sou sempre julgado pela aparência, existe um preconceito. Eu peço dinheiro no trem, outro dia a polícia me pegou e colocou na viatura só porque…” Leia mais.

Por onde anda sua humanidade? Por onde anda seu amor ao próximo? Se o mundo continuar assim, onde vamos parar? Essa página se tornou uma inspiração e ponto de esperança para que eu, e acredito que mais pessoas continuem acreditando e lutando por uma sociedade digna. É motivante ver as pessoas se movimentando e se unindo para poder ajudar e muitas das “donas das histórias” já tiveram finais felizes graças a página.

Depois que você conhece histórias de algumas das muitas pessoas que andam invisíveis por ai, você passa a olhar o mundo com outros olhos, o preconceito some e o amor começa a fluir antes de que você perceba, e meus queridos, a resposta para o mundo é o amor.

LINKS DO PROJETO: FACEBOOK 

Espero que tenham gostado desse tipo de post, vou tentar estar trazendo sempre projetos como esse. Espalhem amor, comentem sugestões e até o próximo post.barrapé

Um pensamento qualquer, sobre algo que nos move…

tumblr_m1lodkSjKn1qi4uuwo1_500_large_large

Da janela de casa eu via os pássaros, o canto, o vôo, a liberdade. Na tela da TV eu via os filmes, com todas as aventuras, os diferentes mundos, a liberdade. Na minha mente, eu me questionei: E para mim, o que significaria ser livre? Seria voar sem destino, viajar para um daqueles lugares que parecem cenas de filmes? O que é ser livre?

O dicionário popular diz que a liberdade é o direito de agir segundo o seu livre arbítrio. Para onde o meu livre arbítrio me levaria?  Talvez seja para cada cena daqueles filmes que eu assisti, para cada lugar que aqueles pássaros já pousaram, e então conclui.

A liberdade está guardada dentro de cada um de nós, ela florescerá no momento certo, no momento em que merecermos, ela precisa ser conquistada e cada um sabe exatamente a forma de fazê-la. A liberdade é a meta de cada um, porque junto com ela vem a realização de cada sonho. Descubra o que é a sua liberdade e lute por isso. Pergunte a si mesma: Para onde te levaria o seu livre arbítrio?

barrapé

Como aprendi a me amar: Magrela mesmo e daí?

Meu irmão do meio me chama de girafa desde que aprendeu a falar “Tão alta e tão seca” ele dizia, o caçula seguiu o mesmo caminho. “Como vai arranjar um marido seca desse jeito?” meu pai vive dizendo, antes eu poderia até ficar triste ou até mesmo chorar, mas hoje apenas dou de ombros e respondo mentalmente (claro): eu me amo e me aceito desse jeito, então basta. Mas nem sempre foi assim tão simples.

Até o ano retrasado eu evitava passeios do colégio que incluíssem a palavra “água” daquela que combina com biquíni, inventava qualquer desculpa e não ia, tudo para evitar comparações sobre o peito de fulana e o meu, além dos apelidos de pessoas que hoje eu sei, não tem nenhum rastro de inteligência ou maturidade.

No país onde peito e bunda reinam e sambam (literalmente) acredite, ser magrela não é fácil. Aceitação foi uma coisa que eu demorei muito para ter, eu simplesmente conseguia achar um novo defeito em mim, toda vez que me olhava no espelho. Era muito nariz e boca para pouco rosto, orelhas e olhos pequenos demais para colocar brincos e maquiagens e o que demorou mais para aceitação, o meu corpo.

catsE nunca saia disso, algumas pessoas começaram a me indicar remédios que tinham uma funções x mas que os efeitos colaterais era ganhar muito peso e eu corria, comprava e nada. Tentei academia, comia aquela dieta de “marombeiro” malhava com dedicação até nos dias de sábado, até que um dia depois de ler muito texto  e ouvir muitas músicas que falavam de amor próprio, eu percebi que não precisava disso,minha magreza é genética e eu não precisava mudar quem eu era. Afinal, se alguém me ama é pelo que eu sou interiormente, eu percebi que não precisava de “pain” nem “gain”, eu sou uma pessoa saudável e linda, sim, linda e desse jeitinho mesmo.

Hoje quando alguém ainda vem encher meu saco com “coloca pedrinha no bolso para não voar”, “vara-pau”, “Olivia Palito” e entre outros simplesmente entra por um ouvido e sai pelo outro junto com um pensamento: Pessoas pobres de espírito como essas, não merecem minha atenção. Então se vocês também se sentem assim, vocês são lindas desse jeitinho ai e enquanto não interferir na sua saúde e bem-estar não deixem que nenhum apelido ou opinião de  gente sem noção te abalem, se amem assim.

Esse post faz parte do projeto ” Me amo assim”, criado com o objetivo de espalhar amor de dentro para fora nas pessoas que não se aceitam ou que tem dificuldade de dizer para si mesma: ME AMO DO JEITO QUE EU SOU. Então, se amem assim! <3

barrapé

 

 

1 2