Resenha: Para Sempre – Os Imortais {Monday Books}

1509938_1515706148716813_3853637658032438553_n

“O perdão cura. Sobretudo quando perdoamos a nós mesmos.”

Ever Bloom, é uma adolescente linda e que tinha uma vida relativamente perfeita para qualquer adolescente. Líder de torcida do time principal do colégio, com uma família perfeita e uma casa do sonhos, estava só no começo de uma vida bem sucedida. Até que um acidente mata toda sua família, mas por algum motivo, ela sobrevive.

Depois de passar por uma experiência de “quase morte”, Ever, adquire poderes sobrenaturais, que a faz capaz de enxergar áureas, ler pensamentos e falar com os mortos. O que a transforma em uma completa confusão ambulante que perambula atrás de um moletom com capuz, óculos escuros e fones nos ouvidos com música no volume máximo.Considerada a esquisitona da escola e ouvindo vozes em todos os lugares que chegava, Ever nunca se abria com ninguém, nem para os poucos amigos que tinha, dois, para ser mais específica. Até que Damen Auguste, o mais novo aluno e único capaz de calar toda confusão na cabeça dela apenas com um toque, entra em sua vida e a única certeza que ela tem é de estar totalmente apaixonada. Em um amor, que não seria exagero chamar de eterno.

10906224_1515704918716936_7675399432237534001_n

Hesitei um pouco com a descrição do livro, a típica história da mocinha problemática que conhece o cara que consegue de alguma forma lhe acalmar, pensava. Mas por ter seres sobrenaturais, fui atraída a ler e a cada página, eu fui me aprofundando mais e mais no enredo. Como fã assumida da série The Vampire Diaries, minha simpatia pelo personagem Damen foi automática, grande semelhança nos nomes Damen e Damon (personagem de TVD). Mas, a história me surpreendeu muito quando pensava que as semelhanças iriam além disso.

O mistério de Damen foi o que mais me envolveu nesse primeiro livro da série, mas confesso que tinha horas que me causava raiva. Damen era o cara perfeito para qualquer pessoa que gostasse do sexo masculino. Lindo, estiloso, misterioso, independente e como se não bastasse, cheio de truques na manga. Mas apesar de tudo isso, no começo Ever resistia aos seus esforços para conquistá-la, mas foi por pouco tempo, claro.

A união do dois causou raiva desde o começo, raiva entre as pessoas da escola, pelo simples fato da esquisitona estar namorando o cara mais desejado e raiva fora da escola, o que cria várias cenas de muita emoção.

Para sempre é um romance composto de vários momentos, te faz criar mais fé no amor e a pensar que nada é realmente um acaso. É o primeiro livro da série “Os Imortais” e o que posso dizer é que ela só fica mais emocionante. Espero que tenham gostado, até o próximo post!

barrapé

Comentários

Comentários

3 Comments on Resenha: Para Sempre – Os Imortais {Monday Books}

  1. Ana Clécia Almeida
    January 5, 2015 at 8:20 pm (3 years ago)

    Resumindo, me apaixonei por esse livro!
    E preciso pra onteeeeeeeeeeeeem!
    Adorei a resenha! <3

    Ana Almeida.
    blogqde.blogspot.com.br

  2. Julia Anjos
    January 6, 2015 at 11:42 am (3 years ago)

    Ele é maravilhoso mesmo! Que bom que gostou, beijos! :*

  3. Júlia Anjos
    January 6, 2015 at 11:44 am (3 years ago)

    Haha, que bom que gostou! Beijos :*

Leave a Reply