Posts Tagged ‘amor’

O Amor que me preenche

Sempre quis viver uma vida de forma intensa, e por muito tempo busquei formas de conseguir. Eu nunca soube bem o que estava buscando, não sabia se estava em busca da felicidade, mas tentei de várias formas. Tentei encontrar em pessoas, tentei encontrar em coisas e até mesmo na adrenalina. Mas mesmo gostando de adrenalina e conseguindo despertar seu auge, no final de tudo, quando eu enfim colocava a cabeça no travesseiro eu ainda sentia um vazio desesperador, como um buraco que parecia nunca ser preenchido. E por muito tempo foi assim, uma busca para preencher um vazio no meu peito.

Hoje eu tinha parado para pensar que esse buraco apenas não existia mais, eu olho para mim hoje e enxergo o Amor, eu sinto alguém me amando fixamente, um amor que me preenche, um amor que me deu motivos e propósitos para viver. Eu sempre vivi em busca de um propósito, hoje eu vivo porque Ele me deu propósito.

Descobri que eu fui criada e designada a algo bem maior, e isso fez com que todas as minhas tentativas de encontrar felicidade fossem elevadas ao nada. Desde que Ele me encontrou, minha vida tem sido intensa e de uma forma constante. Quando você descobre que o Amor vive dentro de você, você simplesmente para de tentar buscar migalhas de amor em pessoas. Você passa a amar mais porque entende que Ele é o amor. E só com o Amor somos capazes de encontrar a felicidade, diferente do que aprendemos nos contos de fadas, a felicidade não é proporcionada por alguém, a felicidade é ALGUÉM.
Como diz a música de Coldplay: Deus me deu estilo e graça. Ele colocou um sorriso em meu rosto.

Já era, amor. Mas é amor agora.

tumblr_mdogi1fGBm1rbsqtxo1_500 (1)

Não se sabe ao certo quando acontece, quando se transforma, quando evoluí. Mas sabemos que um dia vai acontecer com todo mundo e que vai machucar, vai te deixar noites sem dormir, você vai se sentir culpada e vai tentar fazer com que o sentimento pare de acontecer, mas tudo será em vão.

Então, você vai começar a observar demais, vai saber cada detalhe, cada curva do sorriso, cada formato das unhas, cada olhar. E quando você menos esperar, vai passar aquele vento com o cheiro do xampu que ele usa, aquela pessoa com o mesmo perfume amadeirado que ele gosta de passar pela manhã e quando você perceber que sabe de todos esses detalhes, vai voltar a se sentir culpada.

Daí vem à parte “friend” da zona toda, você vai confiar no lado da amizade, você vai querer dizer para ele, mas vai ter medo de perder tudo, medo do clima ficar chato. E quer a verdade? A probabilidade disso acontecer é imensa. Então, você voltará a ficar pensativa demais, ele vai perguntar o que está acontecendo e você vai correr para mudar de assunto. Ele vai te contar uma piada que vai te fazer gargalhar e no meio da piada você vai se lembrar do quanto o ama.

Mas um belo dia, você vai cansar e o coração vai dizer que basta. Você explodirá em emoções e contará tudo a ele, daí pra frente ninguém sabe o que acontecerá. Ou não, talvez você apenas guarde a zona toda no bolso e esqueça que um dia aquilo passou de ser apenas o “friend”.

barrapé

Chuva, livro novo e um gosto meio azul

tumblr_m231lotTCS1qia0zgo1_500_large

Imagem Reprodução: Tumblr

Ela gostava da chuva e do cheiro de livro novo. Gostava de ficar no aconchego de um cobertor enquanto lia, gostava do som da água batendo no chão. Mas ela também gostava dos dias azuis, azul é a cor universal – dizia. Por isso, ela tinha desde o cabelo ao caderno nesse tom, e já se ouviu falar sobre um alguém que havia a conquistado, que dissera que ela tinha um beijo meio azulado.

Há muito tempo desistiu de namorar, se achava nova demais e não era conversa de adulto ranzinza nem nada, mas ela queria amar e sempre soube que isso envolvia bem mais. Ela sonhava com a liberdade e amar para ela era sentir o peso da mochila nas costas quando pisava em um novo chão.

Intensa, conseguiu amar cada estrela no céu, cada grão de areia em Terra. O mundo não entende que o amor é sua cura! – dizia. Por favor, cessem as guerras.

barrapé